Grátis: O Futuro dos Preços – Resenha

Volto a fazer um de meus tradicionais posts com resenhas de livros que acabei de ler e gostei.

O livro que trago hoje já foi comentado em outros posts do blog, sempre que falo em modelos de negócio baseados no grátis. Isso porque comprei ele já há algum tempo mas só anteontem que fui terminá-lo. Agora estou lendo o ótimo Efeito Facebook, de David Kirkpatrick, mas esse fica para outro post.

O conteúdo desta resenha pode ser conferido neste vídeo abaixo também.

Free

O título original de Grátis: O Futuro dos Preços é simplesmente Free. Precisa mais do que isso?

Não, o livro não é distribuído gratuitamente nas livrarias, mas segundo o autor, o premiado físico e editor Chris Anderson, ele está disponível para download em um PDF em inglês no site dele ou algo do gênero. Como minha preguiça é maior do que minha vontade de ajudar o próximo, dê uma procurada na net que você deve achar.

A ideia aqui, como sempre, é falar um pouco do autor, do livro e das minhas conclusões, nem sempre muito conclusivas. Se você já leu, comente depois do post. Se não leu mas se interessou, comente. Se não aguenta me ver pedindo comentários no blog, comente também.

O Autor

Chris Anderson é graduado em Física por uma faculdade estrangeira que não lembro o nome, mas que não é o MIT ou Harvard, se não eu lembraria com certeza. Ele é autor do também best-seller, A Cauda Longa que mostra a trajetória e as tendências do comércio virtual e da própria comercialização na Internet. Não, eu não li A Cauda Longa (The Long Tail no original) mas li algumas resenhas por aí.

Chris é editor da revista Wired, e um excelente escritor. Ele é especializado em escrever sobre tecnologia há muitos anos e você fica boquiaberto com os detalhes históricos que ele coloca em seus textos, auxiliando o leitor a compreender os fenômenos sociais e comerciais que ocorreram na Internet com a precisão de um relógio suíço.

O Livro

Free, vou chamá-lo assim pois é mais curto, trata da evolução dos preços. Desde a época feudal até as sociedades digitais atuais. Ele relata o quanto os bens de consumo oscilam de preço conforme demanda, abundância, escassez, e outros fatores e como a revolução digital que veio com o advento da Internet se aproveitou disso para tornar os preços absurdamente próximos de zero. Ele explica como empresas áreas francesas lucram vendendo passagens aéreas por $30. Como jornais americanos lucram incluindo talheres de prata legítima como brinde. Como o Google ganha milhões com buscas gratuitas na Internet. Como artistas ganham muito dinheiro distribuindo músicas de graça na Internet.

Não se detendo apenas em cases de sucesso, o livro narra os maiores erros cometidos por empresas que tentam utilizar o grátis para atrair clientes e acabam indo à falência. Mostra seus erros, nos faz refletir sobre o que é melhor para cada modelo de negócio. Será que o Grátis funciona 100% das vezes? Como competir com o Grátis? Quais são as modalidades de grátis existentes? Quem é que paga pelo grátis na Internet? Essas e outras dúvidas foram alvo de estudo do sr. Anderson que compilou tudo em um excelente livro, que embora seja um pouco salgado (paguei 70 pilas na época) devia ser lido por qualquer empresa que lide com Internet.

Conclusões

Caro. Sei lá, ele fala muito do grátis mas a editora meteu a faca ao lançar o livro. talvez se o Cauda Longa não tivesse sido tão vendido e o autor não estivesse com a bola toda fosse mais barato.

Mas voltando ao que interessa, obviamente eu, um nascido na geração da Internet, um rapaz que não sofreu com Internet discada, que baixa PDFs, MP3s e faz buscas gratuitas no Google desde que se conhece por gente, não me admirei com a maioria das propostas do livro.

Obviamente, gerentes de empresas mais tradicionais, ou apenas gerentes que tenham nascido antes da década de 80, provavelmente devem considerar a aquisição desse livro para reverem seus conceitos. A frase vai soar bizarra, mas tem muita empresa deixando de ganhar dinheiro por estar cobrando pelos seus serviços. Ou ao menos cobrando o valor errado.

Dá uma olhada na amostra grátis aí embaixo e tira suas próprias conclusões:

Publicado por

Luiz Duarte

Pós-graduado em computação, professor, empreendedor, autor, Agile Coach e programador nas horas vagas.