Middlewares de Acesso Móvel à SGBDs

Neste post vou falar de alguns middlewares de acesso à dados para utilização com dispositivos móveis. Em outros dois posts anteriores já falei dos desafios relacionados ao acesso móvel a bancos de dados e sobre as definições de um middleware e sua relação com o acesso à dados. Leitura recomendada para melhor entendimento deste artigo.

Se você está buscando como acessar banco de dados remoto no Android, o post pra você é esse aqui.

Veremos neste artigo:

Oracle Database Mobile Server

Segundo a Oracle (2013), o Oracle Database Mobile Server é a melhor maneira de conectar com segurança dispositivos embarcados e aplicativos móveis à bases de dados Oracle. Seus principais diferenciais residem no seu motor de sincronização, que mantém diversas bases móveis em sincronia com o servidor de banco de dados, e em sua resiliência sobre conexões instáveis. Além disso, os dados armazenados e trafegados estão sob forte criptografia, garantindo a segurança dos mesmos contra interceptação.

Para que seja possível às aplicações móveis se conectarem ao servidor, é preciso utilizar um cliente móvel fornecido pela Oracle, que deve ser instalado no dispositivo e cuja arquitetura compreende (ORACLE, 2011): um banco de dados cliente (SQLite ou Berkeley DB), um cliente móvel (que contempla um motor de sincronização e um agente de gerenciamento para receber comandos remotos) e a aplicação móvel em si. Esse cliente móvel é suportado pelas plataformas Android, Blackberry, Microsoft Windows, Oracle Enterprise Linux, Windows Mobile, Windows Phone e iOS. Com exceção da sincronização automática, inexistente para a plataforma Blackberry, todos os recursos estão disponíveis em todos os sistemas operacionais citados anteriormente.

Entre o cliente móvel e o servidor Oracle tem-se o Mobile Server em si. Com isto, entende-se que a arquitetura completa da solução da Oracle consiste em uma comunicação cliente-middleware, middleware-servidor, conforme mostrado na figura a seguir.

oracle

SAP Sybase SQL Anywhere

Segundo a Sybase (2013), o SAP Sybase SQL Anywhere é uma suíte abrangente de soluções que fornece tecnologias de gerenciamento, sincronização e troca de dados que permitem o desenvolvimento e a implantação rápida de aplicativos operados por bancos de dados em ambientes remotos e móveis. O SQL Anywhere Server executa na maioria dos ambientes de servidores da atualidade, entretanto sob o ponto de vista de acesso móvel à SGBDs, é o cliente móvel chamado UltraLite que interessa à este estudo.

O UltraLite é uma versão portada do SQL Anywhere que executa sobre as principais plataformas móveis do mercado como Android, iOS, Blackberry e Windows. Entre o cliente e o banco de dados consolidado fica o MobiLink (SYBASE, 2013): tecnologia de sincronização baseada em sessão, desenvolvida especialmente para sincronizar o UltraLite e o banco de dados SQL Anywhere entre eles e com outros bancos de dados empresariais, conforme a Figura 2, onde o MobiLink clients pode ser clientes UltraLite, SQL Anywhere Server ou ambos, em um ambiente completamente heterogêneo.

sap

Outras soluções

Além das soluções supracitadas, destacam-se ainda no mercado de middlewares móveis para acesso a dados remotos as soluções OpenMobster e MobiForms, descritas brevemente abaixo. A escolha destas soluções para serem apresentadas deve-se à sua proposta de valor clara e focada em mobilidade, bem como suporte à plataforma Android, tal qual o proposto neste trabalho.

Segundo o OpenMobster (2012), o OpenMobster é uma plataforma open source para integração de aplicativos móveis com serviços na Internet, fornecendo principalmente sincronização de dados e notificações push (notificações no sentido servidor-cliente) em tempo real, fornecendo inclusive a infraestrutura como serviço para utilização da plataforma. Fortemente orientada para aplicativos híbridos[1] sobre a plataforma Phonegap[2], o OpenMobster tem como principal diferencial o seu sistema de atualização em modo push, onde os dados são sincronizados com os dispositivos automaticamente, sem a necessidade do usuário solicitar atualizações. A Figura 3 exemplifica a arquitetura em nuvem do OpenMobster.

openmobster

Já o MobiForms (2013) é uma suíte para desenvolvimento rápido de aplicações móveis, nativas ou híbridas, para inúmeras plataformas, sobre uma camada que abstrai as peculiaridades da plataforma do dispositivo. O recurso estudado que atende à necessidade de acesso móvel a bancos remotos é o MobiForms Sync Server, uma ferramenta complementar ao MobiForms Developer que oferece armazenamento offline e capacidade de sincronização online, replicação bi-direcional e enfileiramento de dados offline para aplicações MobiForms. O MobiForms Sync Server pode ser hospedado em servidores próprios e oferece suporte a inúmeros bancos de dados relacionais famosos, incluindo MySQL. A Figura 4 ilustra a arquitetura do Sync Server.

mobforms

[1] Aplicativos híbridos são, segundo Rigo (2013), aquelas que usam o mesmo conjunto de ferramentas para desenvolvimento de código empregado nas aplicações web (HTML, CSS, etc), mas, além disso, utilizam também alguns recursos das aplicações nativas.

[2] Phonegap (2013) é um framework gratuito e open-source que permite a criação de aplicativos móveis usandos APIs web padronizadas usando tecnologias como HTML5 e Javascript.

Curso React Native

Referências

MOBIFORMS. MobiForms Mobile Application Development Tools. 2013. Disponível em: <http://www.mobiforms.com/>. Acesso em: 18/09/2013.

OPENMOBSTER. OpenMobster – Open Source Mobile Cloud Platform. 2012. Disponível em: <http://www.openmobster.com/product.html>. Acesso em: 18/09/2013.

ORACLE. Oracle Database Mobile Server 11g. 2013. Disponível em: <http://www.oracle.com/technetwork/products/database-mobile-server/overview/index.html>. Acesso em 02/09/2013.

ORACLE. Oracle Database Mobile Server: Mobile Client Guide. Setembro de 2011. Disponível em: <http://docs.oracle.com/cd/E22663_01/doc.11100/e22681.pdf>. Acesso em 02/09/2013.

PHONEGAP. Phonegap. Disponível em: <http://phonegap.com/>. Acesso em 18/09/2013.

RIGO, Sandro José. Introdução à Plataforma Web para Dispositivos Móveis. Disponível em: <http://www.moodle.unisinos.br/file.php/4783/INTRODUCAO_A_PLATAFORMA_WEB_PARA_DISPOSITIVOS_MOVEIS/Sandro_Intro_plataforma_WEB_texto.pdf>. Acesso em 18/09/2013.

SYBASE. MobiLink synchronization. 2013. Disponível em: <http://dcx.sybase.com/index.html#sa160/en/mlstart/ml-basics.html>. Acesso em 03/09/2013.

SYBASE. Parts of a MobiLink application. 2013. Disponível em: <http://dcx.sybase.com/index.html#sa160/en/mlstart/parts-ml-basics.html>. Acesso em 23/09/2013.

SYBASE. SAP Sybase SQL Anywhere. 2013. Disponível em: <http://www.sybase.com.br/products/databasemanagement/sqlanywhere>. Acesso em 03/09/2013.

Autor

Luiz Fernando Duarte Junior é graduado em Ciência da Computação com pós-graduação na área de Computação Móvel. Professor do ensino superior, gerente de projetos e empreendedor, é autor de diversos livros de programação, disponíveis na seção Meus Livros.

Publicado por

Luiz Duarte

Pós-graduado em computação, professor, empreendedor, autor, Agile Coach e programador nas horas vagas.