Feira do Livro e Tchê Linux em Porto Alegre – 2016

15036544_10207757257349657_4151074926481466282_n

Neste mês de novembro resolvi mais uma vez fazer uma maratona de eventos. Na verdade não sei se foi eu quem resolvi ou se os outros resolveram por mim, pois os dois eventos do post de hoje eu fui à convite dos organizadores, hehehe.

O primeiro evento foi a Feira do Livro de Porto Alegre, que participei como autor convidado no dia 13/11 em dois momentos. Primeiro, na Tenda da Pasárgada, dentro da programação infanto-juvenil do evento, bati um papo e troquei várias experiências com a criançada sobre o jogo Pokemon Go, em alusão ao meu livro e do Daniel Salengue sobre o tema: O Guia Completo Pokemon Go. Ao que parece os mais jovens ainda estão muito mais engajados com o jogo do que o público mais velho, que vê carência de muitos recursos presentes nas versões de Gameboy que ainda não foram (ou jamais serão, sei lá) implementados. Como a gurizada mais nova nem sabe o que é um Gameboy, não devem ter sentido falta, hehehe.

O segundo momento foi na Área de Autógrafos, onde recebi fãs do jogo, leitores do livro, além de parentes e amigos, para autografar seus exemplares, dar brindes e tirar fotos. Como muitas crianças já haviam pego autógrafos comigo no bate-papo anterior, o movimento por aqui foi fraco, mas ainda assim interessante, mostrando a força que o livro ainda tem no público mais jovem. No geral a feira estava bem interessante, mas seria covardia comparar com a minha visita como convidado à Bienal em agosto.

15094468_1175858839167257_3137822521634060491_n

Já o segundo evento, o Tchê Linux Porto Alegre, aconteceu no dia 19/11 na faculdade SENAC de Porto Alegre, onde realizei (mais uma vez) a minha palestra Meu Primeiro App Android, referente ao livro homônimo que eu forneço de graça aqui no blog e cujos slides estão no final deste post.

dscn2361

Fomos eu, o Mato-Fino e o Cássio Bock, sendo que quando chegamos lá ainda encontramos o Uriel e o Matheus, ambos da Umbler. O evento estava bem bacana, deu pra rever alguns rostos conhecidos de ex-alunos e assistir a conteúdos bacanas, como uma excelente palestra sobre a linguagem Go. Um pouco maior do que o normal, neste Tchê Linux havia um auditório e três salas com trilhas simultâneas, acho que foi o maior Tchê Linux que tive a oportunidade de participar.

Com o término do mês próximo, acho que as aventuras em eventos em novembro deve terminar por aqui. Um abraço e até a próxima!

Publicado por

Luiz Duarte

Pós-graduado em computação, professor, empreendedor, autor, Agile Coach e programador nas horas vagas.