Como é o dia-a-dia em uma aceleradora?

startups-aceleradas

Eu vivia me fazendo essa pergunta, até que a alguns meses tive a oportunidade de descobrir a resposta na prática. O Busca Acelerada foi selecionado para receber investimento e mentoria estratégica da WOW Aceleradora (http://wow.ac) e até o final de março estaremos fazendo parte da primeira turma de acelerados, então posso contar como está sendo esta experiência.

Se prefere ver o conteúdo deste artigo em vídeo, está abaixo.

A Seleção

Competimos com quase 100 startups nacionais e latino-americanas, tendo passado por algumas entrevistas com os fundadores da aceleradora e investidores. Nosso projeto, o Busca Acelerada (http://buscaacelerada.com.br), é um buscador especializado em classificados automotivos, que indexa mais de 1,3 milhões de anúncios de carros, motos, caminhões e veículos náuticos da Internet brasileira. Mesmo com o pouco tempo que tínhamos com a aceleradora em cada etapa da seleção, conseguimos mostrar que o projeto era viável (afinal já estava rodando tinha um ano), possuía escala (temos um beta fechado na Argentina) e tínhamos uma boa equipe para executá-lo. Com isso chegamos entre os 10 finalistas.

Entre os 10 finalistas tínhamos programas de fidelidade na nuvem, marcação de consultas online, sistemas de memória organizacional e as outras startups que foram selecionadas conosco: a Zoomyard, que é um marketplace de fotógrafos e cinegrafistas profissionais, e o Curupira, que recupera áreas degradadas do meio-ambiente com o plantio de árvores nativas, alinhado às necessidades ambientais das empresas que contratam seus serviços.

Destes 10 finalistas que paticiparam do WOW Day, para quase 40 investidores que fazem parte da WOW, apenas 3 foram selecionados, incluindo nós obviamente. Caso contrário eu não estaria escrevendo este post, hehehehe

A Aceleração

Finda a seleção, começamos uma jornada para ajeitar toda a papelada necessária para receber o investimento. Como a aceleradora requer participação no negócio, tivemos de abrir uma Sociedade Limitada (que futuramente terá de se tornar uma SA), criar conta jurídica, o último sócio que ainda não tinha se desligado da empresa que trabalhávamos teve de pedir demissão e por aí vai, incluindo muitas assinaturas de contratos e outros documentos.

Como somos de Gravataí, e o espaço que a WOW destina às startups é em Porto Alegre, no Nós Coworking do Shopping Total, nossa sede mudou de meu home-office para algumas posições fixas em um escritório compartilhado. A infraestrutura fornecida possui mobília básica de escritório e acesso à diversos recursos compartilhados, como Internet wireless, cozinha, banheiros, salas de reunião, café, etc. Basicamente temos de nos preocupar em trazer nossos notebooks conosco 😀

A rotina das startups não mudam muito com a aceleração. Continuamos tendo de nos gerenciar, definir nossas prioridades, executar nossas tarefas e tudo mais que já fazíamos antes. A diferença está no fato de que podemos contar com o auxílio de mentores experientes para nos ajudar nas decisões e planejamento (nunca na execução). Logo de início tivemos um auxílio muito forte para recriar a cara comercial do Busca Acelerada, recebemos coaching de empresários de sucesso e estamos usando e abusando da rede de contatos dos investidores para abrir as portas que precisamos.

Semanalmente temos reunião com o diretor de aceleração, Bruno Peroni, e com o diretor executivo, André Ghignatti, para fazer o report de como anda nossa startup e para onde está andando. Além disso, mensalmente temos o WOW Camp, onde as startups aceleradas se reúnem para participar de workshops e à noite do mesmo dia o WOW Meeting, onde os investidores e outros convidados tem a oportunidade de ver a evolução das startups e bater um papo com cada um dos fundadores. Mensalmente também temos o acompanhamento das metas, que são reajustadas de acordo com a realidade da startup no momento.

O que está por vir

Já estamos na metade do processo de aceleração e muita coisa já mudou. Conseguimos validar (ou seria mais correto dizer invalidar?) algumas hipóteses, lançamos um site novo, estamos com uma comunicação completamente diferenciada, estamos começando a ser citados em alguns canais de mídia e nosso volume de usuários se mantém constante (este último infelizmente). Nosso roadmap é longo e nosso futuro é incerto, mas com certeza a experiência está valendo a pena, principalmente com a aceleradora ao nosso lado.

Quer mais dicas de como você também pode conseguir investimento e aceleração para a sua startup? Dá uma olhada neste meu outro vídeo abaixo.

Publicado por

Luiz Duarte

Pós-graduado em computação, professor, empreendedor, autor, Agile Coach e programador nas horas vagas.